PALAVRA DE STELA

Cleide Queiroz reestreia solo inspirado na vida e na obra poética de Stela do Patrocínio agora no Teatro do Núcleo Experimental

 Completando 50 anos de carreira, a atriz Cleide Queiroz vive Stela do Patrocínio com dramaturgia e direção de Elias Andreato. A peça faz temporada de 1 setembro a 29 de outubro às sextas, sábados e domingos

Link para fotos de cena de João Caldas F°

 

 

 

Nascida em 1941, Stela do Patrocínio foi internada no Centro Psiquiátrico Pedro II aos 21 anos, quando diagnosticada como psicopata e esquizofrênica. Quatro anos depois, foi transferida para a Colônia Juliano Moreira, em Jacarepaguá, onde permaneceu até sua morte em 1992. Durante seus anos de isolamento, Stela desenvolveu um discurso poético. Seu “falatório”, carregado de angústias, retrata a rotina manicomial e, sobretudo, revela sua visão da vida, do mundo e de si mesma.

Palavra de Stela é um espetáculo solo interpretado por Cleide Queiroz com direção e dramaturgia de Elias Andreato. No espetáculo a personagem narra sua trajetória, expõe seu cotidiano e revela seu olhar de perplexidade diante da vida e dos seres humanos.

Elias Andreato escreveu o texto especialmente para Cleide Queiroz. Com 50 anos de carreira em teatro, cinema e televisão, a atriz traz uma relação muito pessoal com a temática proposta, pois é uma mulher negra que durante sua adolescência conviveu com a internação de sua mãe esquizofrênica.

“Por meio da fala de Stela do Patrocínio, pretendemos levar o espectador a uma reflexão acerca da visão que temos sobre loucura e lucidez, bem como chamar sua atenção para como a sociedade enxerga a diferença e lida com o outro”, diz Elias Andreato.

A criação do espetáculo tomou por base o registro em áudio da obra de Stela do Patrocínio realizado na década de 1980 pelas artistas plásticas Neli Gutmacher e Carla Guagliardi, posteriormente, transcrito e organizado por Viviane Mosé no livro Reino dos bichos e dos animais é o meu nome.

Ficha técnica
Texto original: Stela do Patrocínio
Adaptação e direção: Elias Andreato
Elenco: Cleide Queiroz
Música original e arranjos: Jonatan Harold
Preparação Vocal e Assistência de direção: Raphael Gama
Desenho de Movimento: Roberto Alencar
Cenário e figurino: Mira Haar
Direção de produção: Sonia Kavantan
Coordenação do projeto: Carlos Moreno
Realização: CIC Produções Artísticas

Serviço:
TEATRO DO NÚCLEO EXPERIMENAL-Rua Barra Funda, 637
Valores: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia).
Classificação indicativa: 14 anos
Duração: 60 minutos
Capacidade: 65 lugares.
Temporada: de 01/9 até 29/10
Sextas às 21h30, sábados às 21h, e domingos, às 19h.

 

 

Link de vídeos do espetáculo:

https://youtu.be/rE5yamHPGPc

https://youtu.be/xulO-jS4V3w

https://youtu.be/0iDY8YA_2SE

 

 


Douglas Picchetti (11) 9 9814-6911

Helô Cintra (11) 9 9402-8732

Pombo Correio Assessoria de Imprensa

Rua França Pinto, 421 – Vila Mariana

www.pombocorreio.art.br